Vamos melhorar o seu dia? Vamos!

dias iluminados te esperam

Dias iluminados te esperam? PERAE, ELES JÁ EXISTEM, LYNDOS!!!!

É com essa pergunta e afirmação que eu começo um post que tem me traduzido muito nos últimos meses, ou melhor, anos! Esse post faz parte do concurso We Love Fashion Blogs 3 (SIM, EU TO PARTICIPANDO PELA TERCEIRA VEZZZ! EEEEE!), mas poderia muito bem ser um texto publicado em qualquer ocasião. Vamos falar sobre otimismo, pessoal!

Quero começar fazendo um pergunta: Quem pratica o otimismo 100% do tempo?

( ) Eu, claro com certeza! Sou ó, UHUL, alto astral sempre!
( ) O que é isso?
( ) SOU UM SER HUMANO E OTIMISMO FALHA ÀS VEZES MESMO.

Eu super me encaixo na terceira opção. Sou gente como vocês, sou gente como Gisele Bündchen e sou gente como o PAPA, que faz um esforcinho todo dia para tentar ver as coisas boas de tudo. Ou quase tudo, né. É difícil, eu sei, migs, mas vou contar uma historinha REAL e depois, mostrar como é mais fácil do que imaginamos ser otimista e estar melhor com a vida e as energias do mundo!

“Crystal era uma menina meio amarga, tipo olho de sogra (o docinho, tá?), doce numa parte e meio esquisita na outra. Ela não fazia questão de ter muitos amigos e por conta disso, sofria sozinha na escola. As pessoas não queriam se aproximar dela porque a achavam escrota. (palavra forte, né? Mas concordo que a Crystal de hoje também acha isso da Crystal de 5 anos atrás). Crystal se sentia ~superior~ aos outros e nem se colocava no lugar deles para entender como era a vida de cada um.

Pois bem, depois que Crystal entrou na faculdade, ela pode começar do zero e ter um visão diferente da vida: isso é o que chamamos de amadurecimento. Conheceu pessoas de todas as classes sociais, fez amizades novas e percebeu como muitas pessoas levavam a vida com gratidão por estarem na mesma Universidade que ela (uma das melhores do país!). Ela teve muitas oportunidades na vida e reconheceu como era necessário ser grata por isso. Crystal também entrou no mundo “adulto”: enfrentou (e enfrenta até hoje) transportes públicos cheios, começou a ter seu próprio dinheirinho e responsabilidades.”

E é assim que eu digo, se a Crystal de 5 anos atrás fosse a mesma, ela já tinha explodido. Agradeço a Crystal de hoje por ter aberto sua mente e ter percebido além do seu nariz. Olha ai a gratidão de novo.

Depois dessa pequena história, quero falar o item número um da minha lista de coisas boas que me ajudam a sobreviver, superar e a enxergar melhor a vida: acreditar.

Acredite, de verdade! Acredite em algo: seja um Deus, uma força, uma energia ou um sonho. Acreditar é como uma coceirinha atrás da orelha que te faz lembrar o porquê de você estar correndo atrás, vivendo, planejando! Isso te motiva e te dá um conforto interno <3 Que logo se transformará em concreto e você se sentirá realizado e ORGULHOSO!!!! <3 <3

sinta orglho

Sinta-se mesmo! Se colocar em primeiro lugar é o primeiro passo para você estar de bem com o mundo! Sinta orgulho das suas conquistas, sorria, chore, se emocione! Seja boba(o), não importa, mas credite as suas conquistas porque você, melhor do que ninguém, MERECEU!!! Só não esquece que a humildade te leva muito mais longe! E outra dica: não se compare! Comparação leva a um sentimento ruim, chamado inveja. Veja pelo seu lado, o que você tem, conquistou e ainda quer conquistar. Não almeje uma vida alheia, almeja a sua trajetória, que com certeza, você será merecedor(a) daquilo que cativar!

pense positivo

Esse é o mais difícil, né? Mas TENTEM! Sério! Eu venho me forçando todos os dias a fazer uma reflexão para ver que as pequeninas pedras no caminho daquele dia foram necessárias para que outras coisas muito melhores pudessem acontecer. Desde eu poder chegar em casa com saúde e segurança, até receber uma notícia bem legal. Essa parte é treino mesmo, sabe? Porque é muito mais fácil para o ser humano pensar logo num ponto negativo e permanecer nele, assim, se estressando e criando uma nuvem de energia negativa em seu entorno. Se afastar dessa energia é uma saída, mas que tal você desejar a ela uma boa tarde? Isso, assim mesmo, do nada! A pessoa meio que “desmonta”, mesmo se estiver muito mal-humorada, ela vai refletir em algum momento sobre esse estranho que a desejou algo de bom em seu dia. (Sim, eu já fiz  isso e é hilário a reação das pessoas kk).

acordar as 5 da manha

Ainda na área do “pense positivo”, vou trazer de novo para o exemplo da minha vida: eu acordava todos os dias às 5h da manhã para estar às 7h na faculdade. Era longe e eu tinha que pegar de 2 a 3 transportes para chegar lá. Mas todos os dias, sem exceção, quando eu saia do meu prédio, eu olhava pro céu e agradecia por mais um dia. Eu vi o sol nascer muitas vezes e isso era depressivo porque eu acordava e ainda estava de noite? Sim. Mas eu “via” o planeta girar, a ciência funcionar e eu estar a caminho de mais um dia cercada de amigos e preparações para a minha vida acadêmica. Veja o lado bom :)

transporte lotado

Novamente: veja o lado bom! Eu sou o tipo de pessoa que senta no metrô e se desliga do mundo: coloco o fone, escuto música enquanto leio algo. A primeira intuição é se isolar mesmo, para não ter que ver o estresse das pessoas se empurrando ou falando alto. Mas, ai que tá. Fiz o teste essa semana mesmo (juro!) e ao invés de me voltar para o meu mundinho particular e Lady Gaga, eu olhei para o lado e vi uma bebê no colo de uma moça sorrir para mim. Não resisti e deixei o fone e o livro de lado e comecei a brincar com a pequena garotinha. Nem vi o tempo e nem as estações passarem, sério. Me encheu de alegria e eu também fiz a alegria na bebê. Fiquei refletindo depois em como isso é um gesto simples e que me deixou mais leve. Às vezes é melhor mesmo deixarmos de lado o nosso cubo imaginário e interagir. Já falava o meu professor de Redação Publicitária: “esteja atenta a tudo a sua volta. Você descobre coisas incríveis, mas sem fofoca”.

estar exausta

Quem chega em casa desesperado para tirar o sapato, sentar e relaxar? Eu com toda certeza. E fica tudo melhor quando temos alguém para nos receber, não é mesmo? Seja um irmão, sua mãe que trabalha em casa e até mesmo o seu bichinho de estimação. Ah, principalmente eles né? A alegria que eles sentem quando você chega em casa te faz esquecer de tudo o que você passou de chato na rua.

A minha mãe trabalha em casa com bastante frequência. O telefone toca o dia inteiro e é uma falação danada. No início, eu reclamava demais, porque me atrapalhava mesmo com a porta do quarto fechada. Mas hoje, quando eu abro a porta de casa e a vejo sentada trabalhando, penso: “Que bom poder estar tão pertinho da minha mãe enquanto ela trabalha. Que bom poder ter a minha mãe aqui comigo”.

agradecamais versao 2

De um tempo para cá que eu comecei a realmente perceber que ser grata é a coisa mais linda do universo. Eu sempre agradecia aos céus, santos, energias, deuses, o que fosse que me protegesse por mais um dia de vida, saúde, etc. Ainda faço isso, ta? hahaha Mas eu comecei a enxergar além disso: nas pequenas ações do dia. Desde agradecer uma informação a eu tenho pés! Retribua! A vida é uma via de mãos duplas. O que você expande para os outros e para o universo retorna para você em algum momento. KARMA! hahaha

Agora eu quero que você volte o post lá no comecinho, eu sei, ta gigante, mas eu quero te contar porque eu escolhi cada foto. A primeira foi escolhida porque eu estava na casa dos meus avós em Itaipava. Lá é o meu lugar favorito do mundo, sério. É onde eu renovo as minhas energias e agradeço, todo dia, enquanto piso na grama, por estar viva e poder estar ao lado dessas pessoas que eu tanto amo. (Chorei, confesso. Ó post sentimental kkk).

A segunda foto foi tirada na Golden Gate, em São Francisco, e to pulando porque EU CONSEGUI ESTAR LÁ! Era uma viagem que eu queria muito fazer e eu tive a oportunidade! Fiquei muito feliz e agradecida por ter ganhado (sim!) essa viagem de um amigo dos meus pais. Eu nunca serei tão grata ao Ruy, que se esforçou e durante seus 5 dias de folga me levou para conhecer lugares incríveis!

A terceira foto foi tirada no Stanley Park, em Vancouver. Eu estava fazendo intercâmbio e longe da minha família, mas eu só conseguia pensar em como eu me sentia bem nesse lugar em meio a natureza! Era uma paz, uma tranquilidade, que realmente eu não conseguia pensar em algo triste. Eu estava lá para complementar a minha educação e consequentemente, o meu futuro! Oportunidade maravilhosa que meus pais me proporcionaram! <3

A quarta foto tenho o prazer de ter ao meu lado meu pai e minha mãe. Estávamos em Tóquio, no Japão, reunidos, depois de 3 meses longe um do outro. Eu estava no meu primeiro intercâmbio e consequentemente, a primeira vez longe de casa. Era 5h da manhã sim! Eu estava morrendo de sono, apenas querendo dormir e minha mãe acordou a todos com um “GENTE, OLHA ESSE NASCER DE SOL!” e lá se foi o sono e lá se veio a alegria de poder apreciar isso, do outro lado do mundo, ao lado dos meus pais. <3

A quinta foto foi tirada no metrô do Rio, mostrando o meu dia a dia. E na segunda foto que a compõe, duas crianças, que muitas vezes, distraem a nossa atenção e deixam aquela viagem num túnel sem fim bem mais divertida!

A sexta foto é com o Stanley, o cãozinho mais amado dessa casa! Meu pequeno companheiro que me dá carinho e muitas lambidas todos os dias. Enquanto escrevo este post, ele está deitado no meu colo <3 São sentimentos que não da para expressar: uma coisinha tão pequena que emana e sente amor. <3

E a última foi tirada em Tóquio, num templo e significa muito para mim. A fé, independentemente em o que, move as pessoas. Eu sou extremamente agradecida por ter conseguido tirar essa foto, por estar no Japão e por poder conhecer uma nova cultura.

Então, minha gente, repensem nas pequenas atitudes. Agradeça a saúde, os amigos, os familiares e as experiências que vocês têm. A troca de energias, como falei anteriormente. O que você dá ao mundo, você receberá de alguma forma em troca. São as pequenas coisas da vida que nos transformam todos os dias. Quem escolhe como o seu dia, e consequentemente, a sua vida será, é você!

De verdade, pratique as pequenas ações que te garanto, no final do dia a soma delas te surpreenderá positivamente! Parece besteira, mas não é e eu sou a prova viva de como eu “supero” as coisas ruins e aproveito vários momentos do meu dia que poderiam apenas me estressar. E olha que eu me estresso fácil :P

100 amigas

E por fim, estar em um concurso com 100 participantes e todas estarem interagindo, elogiando e torcendo uma pelas outras. Ser otimista também é torcer pelo outro, elogiar as pessoas e reconhecer! Fica aqui o meu muito obrigada a todas essas meninas e ao pessoal da Petite Jolie por ter criado mais uma edição, onde eu já pude fazer amizades e expandir muito mais amor e conhecimento. E claro, receber isso tudo em troca!

Me contem como vocês lidam com isso e como esse TEXTÃO ajudou vocês :) Não se esqueçam que amanhã, dia 2 de outubro, começam as votações! Vai ser bem dificil vocês não gostarem da visão das meninas! hahaha

Espero que vocês tenham gostado!
Qualquer dúvida deixem nos comentários que responderei com o maior prazer!
Muito obrigada pelo carinho, pessoal! <3
Sigam o #DP nas redes sociais:
YouTube | Instagram | Fanpage no Facebook | Twitter | Flickr | Skoob
Um beijo e um queijo com amor !

assinatura atualizada setembro 2015

Comentários

You may also like

9 Comentários

  1. Crys
    Este seu post lembra um pouco aquilo que já falamos sobre o que o livro “O Pequeno Príncipe” quer transmitir: Nossa visão do Mundo 5 anos atrás é diferente da que temos agora e será mais diferente ainda daqui a 5 anos! Nosso espírito evolui a cada dia, e com ele nossas atitudes perante o mundo que nos cerca. Parabéns e orgulho de ter você em minha vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam