“Qual o sabor do amor?”

IMG_6202edi

“Bem, às vezes ele tem gosto de mistério, ou de ansiedade.
O primeiro amor pode ter gosto de algodão doce de tutti frutti e fazer você ter enjoos com as borboletas que cultiva no estômago.
Depois, ele pode passar a ter gosto do desgosto ou da dor de um punhal atravessando seu coração, como um prato de jiló, quando você tem sua primeira desilusão amorosa.
Após a sua primeira paxonite, o amor experimenta outros gostos, sabores e texturas: pode ser como chiclete de menta, como suco de laranja no verão ou chocolate quente no inverno.
E se tudo der certo, o amor se transforma num gosto tênue e duradouro, como bala de tamarindo.
Às vezes doce demais, às vezes melado demais, às vezes enjoativo, mas que parece nunca ter fim de tão saborosa que é a sua degustação.
Por fim, o amor pode ter sabor de conquista e felicidade, mesmo depois de 80 anos. E quando você vê, você e seu amor estão saboreando o pleno gosto da lealdade.”

Esse texto foi feito originalmente para um concurso e gostei tanto dele que tive que compartilhar com vocês.

Espero que vocês tenham gostado!
Qualquer dúvida deixem nos comentários que responderei com o maior prazer!

Quero lembrá-los de que estou participando do TEEN WEB AWARDS no site da Capricho! Acessem ESTE LINK para votar! :D

TWA300
Muito obrigada pelo carinho, pessoal!
Sigam o #DP nas redes sociais:
YouTube Instagram | Fanpage no Facebook Twitter | Flickr | Skoob
Um beijo e um queijo com amor !

assinaturacrystal

Comentários

You may also like

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam