A Sociedade J.M. Barrie (Barbara J. Zitwer)

sociedade-jm-barrie-03

A Vida Secreta das Senhoras da Terra do Nunca

Uma viagem à Stanway House faz Joey conhecer as senhoras da Sociedade de natação de J.M. Barrie e aprender a viver cada dia como se fosse único.

sociedade-jm-barrie-01

Joey é uma arquiteta que mora em NY e sua vida baseia-se em ser workaholic. Ela trabalha numa firma que é responsável por várias reformas e restaurações de famosas arquiteturas pelo mundo. Um dos lugares para o próximo job fica na Inglaterra: a propriedade onde J.M. Barrie se inspirou para escrever a história de Peter Pan.

sociedade-jm-barrie-08

Joey quer muito ser a responsável pela restauração do lugar e faz de tudo para se destacar na empresa. Rumo a terra britânica, a arquiteta irá reencontrar uma grande amiga da adolescência, Sarah e descobrir que ela tem ligação com a mansão em questão.

As duas mantiveram contato mesmo após anos que Sarah deixou NY, mas o reencontro entre elas assustou Joey: sua amiga parecia muito mais envelhecida do que 10 anos. Ela agora tinha filhos pequenos e dedicava-se integralmente à família e à casa. E da mesma forma, Sarah sentiu o peso de ver sua melhor amiga sendo o completo oposto: solteira, jovem, despojada e levando outra vida.

sociedade-jm-barrie-02

A região de Cotswolds, onde fica a mansão Stanway House, também abriga outras residências e casarões. Lá mora a sogra de Sarah, a Aggie. Através dela, Joey conhece as inseparáveis senhoras amigas durante um passeio na propriedade. As mulheres são: AggieGala, Meg, Viv e Lilia e juntas formam a Sociedade de natação de senhoras J.M. Barrie.

sociedade-jm-barrie-05

Joey aprende muito com  essas espirituosas senhoras durante sua estadia na Stanway House. Além de nadarem num lago gelado em pleno inverno, elas também compartilharam histórias de vida muito comoventes.

Durante suas semanas de estudo e organização do projeto de Cotswolds, Joey também se permite conhecer um novo homem. Talvez o mais cobiçado da cidade e com a maior probabilidade de não querer se relacionar com ninguém. Lily, a filha dele, ao contrário, vê em Joey uma oportunidade de uma nova amizade e vida diferente das que eles têm vivido nos últimos anos.

sociedade-jm-barrie-04

O livro conta essa vivência de Joey durante seu novo trabalho em um projeto que sempre sonhou em fazer, visto que ela era grande fã de J.M. Barrie. Confesso que achei que o livro se perdeu um pouco exatamente no quesito workaholic dela. Achei que fôssemos ter mais reflexões ou cenas sobre esse desespero que ela passou no início.

A história conduziu-se para um romance água com açúcar, onde temos uma história sendo contada em paralelo com fatos reais. Isso talvez possa ser um ponto negativo, pois eu achei que o livro fosse ser mais fantasioso. Quando vi a sinopse sobre a casa que deu inspiração ao Peter Pan, achei que algo pudesse acontecer em relação a isso e aos personagens. Mas não, foi uma história baseada no espaço físico do lugar.

É uma leitura rápida e gostosa, mas como fiquei esperando outra coisa, acabei me decepcionando um pouco. :T

sociedade-jm-barrie-06

Aspectos físicos

A capa á maravilhosa! Me conquistou! Folhas amareladas, tamanho padrão e fonte e espaçamento ótimos. Gostei da tipografia que usaram para as palavras em itálico. :)

sociedade-jm-barrie-07


 

285 Páginas | Ficção Norte-Americana| Folhas amareladas (❤)| Editora Novo Conceito | ISBN: 978-85-81-635231 | Versão padrão | Capa paperback | Acabamento em brochura | 4 de 5 estrelinhas | Autor: Barbara J. Zitwer

Espero que vocês tenham gostado!
Qualquer dúvida deixem nos comentários que responderei com o maior prazer!
Muito obrigada pelo carinho, pessoal! <3
Essa resenha foi feita em parceria com a Novo Conceito, parceira do blog esse ano!
Sigam o #DP nas redes sociais:
YouTube | Instagram | Fanpage no Facebook | Twitter | Flickr | Skoob
Um beijo e um queijo com amor !

Comentários

You may also like

12 Comentários

  1. Oi, Crystal!
    Admito que não conhecia esse livro, acho que nunca havia ouvido falar ou apenas não tinha dado tanta atenção. A história me despertou curiosidade, mas, não sei se me agradaria. Suas ressalvas foram importantíssimas e, como você, eu também esperaria algo fantasioso se tratando de uma referência a Peter Pan. Que pena que não ocorreu, pois poderia ter sido explorada de diversas formas incríveis.
    Vou salvar o nome do livro, quem sabe mais para a frente eu não tenha a oportunidade de conhecer a história mais a fundo, né? ♥

  2. Fiquei curiosa para ler esse livro só por causa da profissão da personagem. Adoro arquitetura, prédios antigos, restauração.Fora que citar Peter Pan é um ótimo chamariz. Mas pelo o que você destaca, parece que o enredo foca mais no romance. Bom, se tiver oportunidade lerei.

  3. Oie!
    Primeiro que amei suas fotos!
    Não conhecia esse livro, mas gostei da forma diferente que ele insere a história do Peter Pan. Levar a personagem pra viver na casa da autora, foi uma ideia linda e inspiradora, ainda mais por envolver a restauração do imóvel. Parece mesmo um livro encantador.
    Beijo

  4. Parece ser um livro interessante e achei muito legal poder conhecer um pouco da história e das personagens através do seu post. Fiquei um pouco espantada quando você disse que acaba sendo um romance água com açúcar, o que eu gosto, mas não era o que eu estava esperando.
    Beijos
    Mari

  5. Oi Crystal, tudo bem? Que enredo mais incrível. Romances sempre são uma ótima opção de leitura ainda mais quando a leitura flui de uma maneira tão rápida. Uma pena esperar algo e a história seguir um caminho diferente.A capa é muito bonita e nos causa um certo mistério e curiosidade para saber mais sobre a história e os personagens. Amo livros com folhas amarelas é bem mais gostoso de ler. Amei suas fotos uma mais linda que a outra.Beijos, Érika =^.^=

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam